Creeper Moda

Creeper – Modelo usado por soldados ganha releituras

O creeper, um sapato que lembra bastante um Oxford com uma sola maior, é uma aposta como tendência de inverno deste ano e já conquistou celebridades, como  Rihanna, Katy Perry e Jessie J. Creeper Moda

Brothel creepers foi a primeira denominação do modelo, que surgiu na década de 40, desenvolvido pelos soldados da Segunda Guerra Mundial, para usar no dia a dia pós-guerra. O material da sola, a borracha, além de possibilitar uma pisada firme, dava resistência ao sapato.

Nos anos 50, o calçado se popularizou entre os Teddy Boys, que combinavam os creepers com calças justas, jaquetas drapeadas, roupas de veludo e cabelos elaborados. A partir dos anos 70 até os anos 90 ganhou os pés dos punks e góticos. Ainda nos anos 90, o sapato também ficou conhecido por compor os looks das meninas japonesas do bairro Harajuku da banda inglesa Spice Girls. O creeper voltou ao mundo da moda no ano passado com a coleção Chanel Versailles Cruise 2013.

Creeper Inverno 2013

A moda dos creepers

O calçado possui uma aparência um pouco masculinizada. Por isso, o consultor de imagem Alexandre Krizek aconselha evitar o utilizar o sapato com calças compridas: “Sugiro usar o creeper com peças curtas, como shorts ou saias. Evite usá-lo com calça comprida, a não ser com legging”.

Outra sugestão de Krizek é apostar na versatilidade: “Brinque com os acessórios. Como o creeper tem um ar meio retrô, abuse de saias com pregas, coletes e rendas”.

A plataforma grande do creeper dá um tom rebelde para qualquer combinação.  “Tem que ter mais atitude para usar”, comenta o consultor de moda Raphael Mendonça. Ele completa dizendo que “é para gente mais moderninha, com cara de londrina”.

Creepers
Sola grande e emborrachada é a principal característica do creeper